redes sociais em sala de aula: uma nova perspectiva

19 05 2011

Com o surgimento de novas tecnologias acontecendo dia após dia, é cada vez mais evidente que em breve a forma de se conduzir uma aula e seus instrumentos didáticos irá mudar. Já deveria ter mudado, na verdade. Ao menos isso deve acontecer para que a escola acompanhe o ritmo de evolução das tecnologias revolucionárias no que diz respeito à comunicação, informação e entretenimento, que acabam roubando grande parte do tempo dos alunos e por isso são vistas como inimigas, embora elas possam ser perfeitamente integradas ao contexto da sala de aula para a produção de aulas dinâmicas e otimizadas.

Agora que o e-mail está com sua morte declarada e que as redes sociais ditam as leis da comunicação digital, é preciso pensar no potencial que elas possuem se integradas ao contexto educativo, buscando a simetria adequada entre tecnologia e ensino. Uma dessas ferramentas, o Twitter, uma mistura entre blog e rede social, cada vez mais disseminada entre o público adolescente por sua versatilidade e interatividade, oferece inúmeras possibilidades de aplicação em sala de aula, porém ainda pouco exploradas pela falta de conhecimento por parte dos educadores. As possibilidades didáticas da ferramenta (apesar de sua limitação em apenas 140 caracteres) são imensas, e usá-la pode ser uma ótima maneira de ensinar através da promoção do entretenimento e conquista do interesse dos alunos, que constituem os dois maiores desafios aos educadores atualmente.

Através de atividades planejadas para a aplicação em aulas de Língua Portuguesa e pesquisas realizadas com alunos de Ensino Médio (a faixa etária que mais tem acesso e interesse nas redes sociais), pode ser esmiuçado um leque de possibilidades de integração. O desafio de usar uma dessas ferramentas de educação online é o adequado envolvimento dos estudantes, que possibilitará uma aprendizagem significativa para eles e a construção de uma aula dinâmica que rompa os paradigmas das aulas expositivas. A utilização requer também envolvimento do professor, para além de apenas guiar os alunos, a reflexão da prática pedagógica inovadora, além de atividades de desenvolvimento profissional. É essencial envolver-se e fazer com que os alunos se envolvam no uso de uma rede social voltada para a sala de aula. As atividades propõem um envolvimento maior dos estudantes com as atividades através das redes sociais, de modo a desenvolverem uma melhor compreensão dos conceitos abordados nas aulas.

Um bom exemplo de atividade é a escolha prévia de um gênero literário qualquer e a abordagem dele online no Twitter, onde o professor começa uma história e os alunos vão construindo, através de suas próprias ideias, a continuidade da trama. Em princípio, as contribuições dos alunos podem ser desconexas, e é aí que o professor intervém com o conhecimento necessário para que eles incrementem a aprendizagem. O professor deve reunir todas as contribuições dos alunos, e discutir com eles os elementos e mecanismos de produção de texto, tais como coesão e coerência, ortografia, gêneros literários, etc. Por fim, a história deve ser construída coerentemente por eles e disponibilizada para a apreciação. Esta atividade envolverá a criatividade, o uso de estruturas de texto, a gramática, a capacidade de síntese, entre outras muitas habilidades que os alunos só vão perceber que desenvolveram ao longo do processo, e com certeza vão ter adquirido conhecimento de maneira divertida e dinâmica, ao contrário de uma aula onde a produção de texto é forçada e repetitiva, sem um propósito definido.

Outro exemplo é o uso do Twitter como ferramenta de troca de conhecimento léxico. Selecione na internet em sites de notícias, juntamente com os alunos, palavras que estão sendo usadas em determinado momento ou reportagem e faça-os postarem tais palavras na rede social. Em seguida, proponha a busca de significados, sinônimos, antônimos e homônimos (de acordo com sua necessidade) e a troca de conhecimentos entre eles através da ferramenta online.

Mais uma opção de atividade é o uso da ferramenta como proposta de debates e estabelecimento de pontos de vista. Escolha entre os alunos uma questão que eles gostariam de debater, um tópico da mídia ou um fato cotidiano, e comece com eles uma discussão dentro do Twitter. Proponha que eles criem perguntas de no máximo 140 caracteres e postem em suas páginas, desafiando os outros colegas para o debate baseado em informações coerentes. Essa atividade desperta no aluno a capacidade investigativa, além do exercício da síntese (as perguntas e respostas não poderão ultrapassar os 140 caracteres estabelecidos pela plataforma) e desenvolvimento da argumentação.

Uma última atividade a ser mencionada é bem parecida com a primeira que foi citada, porém ao invés da construção de uma única história, interligada entre todos os estudantes, cada aluno deve exercitar a capacidade criativa e de síntese criando um miniconto, ou seja, uma pequena história nos limites pré-estabelecidos (máximo de 140 caracteres). Essa atividade está sendo muito realizada na internet, conhecida como twitteratura, ou seja, a literatura através do Twitter. Em princípio, pode ser um desafio para os alunos escreverem uma história em tão pouco espaço, por isso a ideia é de que eles escrevam histórias do tamanho que quiserem (capacidade criativa) e que comecem a editá-la em seguida, até que somente os elementos indispensáveis para a compreensão do miniconto fiquem entre os 140 caracteres estabelecidos (capacidade de síntese). Depois, postam suas histórias na rede e os outros colegas compartilham opiniões, sugerem mudanças, discutem novas possibilidades e criam mais histórias.

Como uma ferramenta tecnológica de educação online, o impacto do Twitter e de outras redes sociais no envolvimento dos alunos e suas perspectivas de aprendizagem e conhecimento são ilimitadas. As redes sociais vão muito além do “ser social” se constituindo também como ferramentas valiosas de ensino e aprendizagem, permitindo que as turmas passem de centros de isolamento e reprodução para centros de aprendizagem sem fronteiras.

Anúncios

Ações

Informação

One response

20 06 2017

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: